VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

Balanço SPFW: Projeto Top 5

Veja os destaques da parceria entre o Sebrae e o In-Mod

Publicado em 31/08/2017, por Redação

Resultado da parceria entre o Sebrae e o In-Mod (Instituto Nacional da Moda), o projeto Top 5 subiu na passarela do SPFW na noite de ontem, 30, quarto dia de desfiles. Trazendo visibilidade para novas apostas da moda nacional, o desfile coletivo foi composto pelas grifes Borana, Kalline, Karine Fouvry, Led e Vankoke. Além disso, como parte do projeto, duas marcas selecionadas após um acompanhamento pelo Sebrae e pelo In-Mod, irão voltar a desfilar no evento ano que vem. Confira os destaques!


Borana

Borana

Vinda do Espírito Santo, a Borana trouxe para a passarela uma moda praia contemporânea e minimalista. Entre maiôs, biquínis e saídas de praia, a coleção destacou modelagens com amarrações, volumes e vazados. Já nas superfícies, prints clássicos, como listras bicolores, xadrez vichy e florais adornaram grande parte dos produtos. Atente ainda para os acessórios, como bolsas de mão, pulseiras e brincos amplos, produzidos em comunidades capixabas, como os quilombolas.

Kalline

A catarinense Kalline tem o uso de couro para vestuário como o seu ponto forte. Sendo assim, o desafio da marca foi apresentar formas de como o material também pode ser trabalhado na temporada de calor. Para isso, peças como coletes, calças, blusas soltas e bermudas foram apresentadas tanto para o público feminino quanto para o masculino. A cartela de cores intensa e vibrante chamou a atenção no vestuário e também em complementos, como bolsas de mão em diferentes tamanhos.

Karine Fouvry

Diretamente do Rio de Janeiro, a Karine Fouvry adotou uma inspiração étnica em sua coleção. Abordando principalmente aspectos da cultura africana, a marca ainda convidou apenas modelos negras para o seu casting. Nas peças, a leveza foi identificada a partir de modelagens soltas e alongadas, tanto em vestidos quanto em blusas elaboradas e macacões. Como ornamentação, destaque para os recortes vazados, transparências e assimetrias. Nas superfícies, estampas geométricas ou irregulares foram percebidas em tons contrastantes. Finalizando os looks, turbantes e colares amplos reforçaram a temática. 

Led

Buscando quebrar conceitos de identidade e rotulação, a mineira Led apresentou a coleção Mixórdia no SPFW. Materiais como sarjas, denim, linho e malhas foram trabalhadas na construção de vestidos, calças e jaquetas, enquanto trabalhos artesanais, como tramas de crochê, foram percebidos em regatas e vestidos retos. Bermudas e coletes em plástico ressaltaram o tom experimental da marca. Destaque para o uso de tons intensos como laranja, verde e azul, principalmente quando combinados em propostas de patchworks. 

Vankoke

Por fim, a potiguar Vankoke despontou no evento com a temática Exuberância e Poder. Com a ideia de uma mulher elegante, feminina e delicada, a marca focou em vestidos e conjuntos para seu desfile. Com sofisticação, ressaltou elementos como a cintura marcada e os cortes evasês. Nas superfícies, bordados florais ganharam destaque tanto em tules quanto no tecido plano, enquanto as transparências chamaram a atenção em mangas e ombros. Finalizando os looks, atente para sandálias de tiras finas e em tons neutros. 

Confira mais imagens das coleções acessando nossa Galeria de Desfiles*!

Imagens: Agência Fotosite.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion