VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

Balanço Casa de Criadores: Dia 01

Saiba mais sobre os desfiles do primeiro dia do evento

Publicado em 27/11/2018, por Equipe de Pesquisa UseFashion

No dia 26 de novembro começou em São Paulo, a 44ª edição da Casa de Criadores. Dedicado a impulsionar a moda independente e autoral brasileira, o evento também é conhecido por lançar novas marcas e designers. No seu primeiro dia, quatro marcas apresentaram suas coleções de inverno 2019, incluindo veteranas e estreantes, onde notou-se a predominância de peças conceituais. Confira abaixo mais sobre os desfiles de Weider Silveiro, Jorge Feitosa, Von Trapp e Felipe Fanaia. 


Jorge Feitosa

Weider Silveiro

Em sua mais nova coleção, Weider Silveiro se inspirou nas obras do artista australiano Leigh Bowery, conhecido por sua arte performática e fantasiosa manifestada através de suas roupas e maquiagens expressivas. O estilista afirmou ser uma coleção escapista dentre o cenário político atual, criando peças com influências do período vitoriano inglês de forma moderna, como as padronagens tartã e pied-de-coq em escalas ampliadas.

Jorge Feitosa

Em sua apresentação na Casa de Criadores, Jorge Feitosa trouxe inspirações divinas e mitológicas que se traduziram em uma moda masculina equilibrada entre o conceitual e o comercial. Bermudas e calças encurtadas de sarjas leves foram trabalhadas em tons neutros e complementadas por toques de cores vibrantes em camisas e jaquetas bomber. Os macaquinhos, também neutros, foram decorador por trabalhos variados que incluíram recortes e patchworks chapados e em relevo. 

Von Trapp

Previamente se apresentando no Veste Rio, a Von Trapp fez sua estreia no evento com uma coleção feminina e masculina. A marca combinou looks de alfaiataria rígida, em tons neutros, à peças com formas orgânicas estruturadas em cores vibrantes, simbolizando o contraste entre a crescente automação e os elementos da natureza: água, ar, fogo e terra. 

Felipe Fanaia

Resistência é a palavra de ordem da coleção de Felipe Faiana, traduzida em peças com inspiração militar e utilitária, mas em versões que trocam a cartela opaca por tons vibrantes como laranja e azul cobalto, inspirada no arco-íris dos Ursinhos Carinhosos, que falam sobre combater o mal com amor e tolerância. Destaque para as calças amplas e jardineiras que, apesar de ousadas, possuem potencial comercial para o público jovem.

Imagens: Marcelo Soubhia/ FOTOSITE.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion