VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

DFB: terceiro dia

Estilistas renomados, estreantes e estudantes desfilaram suas coleções nas passarelas do evento

Publicado em 15/05/2018, por Equipe de Pesquisa UseFashion

No terceiro dia de desfiles do DFB, o line-up trouxe desde estilistas veteranos, até novas promessas da moda brasileira. A abertura do dia ficou por conta do projeto Concurso dos Novos, que cede lugar para estudantes. Na sequência, temas como afro-futurismo, anos 80, romantismo e tropicalismo contemporâneo foram abordados, em coleções casuais, de moda festa e até mesmo conceituais. Confira os destaques!


Jeferson Ribeiro

Concurso dos Novos

O concurso, que reúne instituições de ensino superior e técnico de todo Brasil, teve no dia 11 as suas primeiras apresentações. Dentro do tema macro Pensar/Fazer Moda em 360º, os concorrentes apresentaram suas coleções cápsula compostas de oito looks produzidos coletivamente. A Faculdade Ateneu (CE) trabalhou com o conceito do cientista Lavoisier, "nada se perde, tudo se transforma", trazendo para a coleção materiais alternativos ressignificados. Com o tema 18K, a Faculdade Santa Marcelina (SP) explorou narrativas que evidenciam o poder e o luxo em diferentes classes econômicas e sociais, indo dos dândis aos funkeiros ostentação.

Usando como base as modelagens clássicas do jeanswear e da camisaria, a IFRN (RN) levou para a passarela conceitos da economia circular e da reutilização. Já a escolha do SENAC (SE) foi falar de empoderamento feminino negro revisitando a linguagem lúdica utilizada pelo artista Arthur Bispo do Rosário, com tipologia artesanal de bordados e aplicações de franjas feitas com restos de tecido.


Ateneu | Santa Marcelina | IFRN | Senac

Ivanovick

Marcando sua estreia no DFB, Ivanovick abordou o hibridismo entre o Sertão e uma leitura da cultura Africana. O estilista buscou nas assimetrias, nos recortes e nas amplitudes localizadas um visual elaborado e com toque conceitual. As peças também contaram com detalhamentos handmade como amarrações e aplicações de spikes, ilhós, renda e patches. O cetim de algodão foi a matéria-principal da coleção, destacando as combinações de tons vibrantes com preto e cores terrosas, além do prata, que imprimiu um visual futurista para as peças. Os acessórios, feitos em madeira reciclada são resultado de uma parceria com a Eleva.

Herculano Marques

A extravagância oitentista é pauta para a coleção de Herculano Marques. Vestidos simplificados e comprimento encurtado são a base para a as experimentações do estilista. Os destaques ficam por conta da silhueta expandida, com os volumes que chamam a atenção para os ombros, as modelagens com toque geométricos e assimetrias. A cartela de cores foi extraída do quadro Four Marilyns, de Andy Warhol e entre os materiais, destacam-se a organza, o tafetá e o bengalini. Brincos em acrílico e com formas geométricas completaram os looks.

Rebeca Sampaio

Quem também buscou inspiração na década de 80 foi a estilista Rebeca Sampaio, que projetou a persona Rosiei, uma londrina empoderada que está de férias no Brasil. A dualidade da personalidade de Rosiei aparece na junção da rigidez do couro - marca registrada da estilista - com a fluidez do crepe e do chiffon. As peças ora reproduzem modelagens clássicas oitentistas, ora investem em um visual mais leve e tropical. Entre os destaques estão as calças clochard e pantalonas, os vestidos elegantes com recortes no busto, as bermudas e saias em couro, os vestidos leves e amplos e as variações de macacão. Os acabamentos em babados merecem destaque, assim como os detalhamentos com aviamentos em madeira. A madeira também aparece nos cintos e bolsas, reforçando o aspecto tropical requintado da coleção. 

Kalil Nepomuceno

A nostalgia das relações de antigamente são o ponto de partida da coleção extremamente romântica e elaborada de Kalil Nepomuceno. Fluidez, volume e movimento são vistos na passarela, em vestidos longos e curtos trabalhados sob as mais diversas modelagens. Além disso, conjuntos de top cropped e saia, leggings e saias vaporosas também fazem parte do mix. Os materiais são os já conhecidos do segmento de moda festa: cetim, veludo, seda nas versões lisas e estampada e musseline plissado. Os florais são vistos em forma de aplicações e estamparia, e os tons de rosa e vermelho predominam.

Ivanildo Nunes

Uma moda festa bem executada foi a tônica para a apresentação de Jeferson Ribeiro. O estilista buscou inspiração nas mandalas e no Cosmo para o requintado trabalho de bordado cearense. Em tule, organza e a renda francesa, os vestidos curtos, mídis e longos ora trouxeram modelagens de cintura marcada e amplitudes inferiores, ora vieram justos e valorizando uma silhueta sensual. Mangas alongadas, decotes assimétricos ou em V, ombros à mostra e golas altas foram pontos fortes das peças. Na cartela de cores, aparecem tanto a delicadeza do branco e tons pastel de lilás e azul, a intensidade do vermelho e a elegância do azul-marinho se destacam. Além desses, fizeram parte da cartela o verde, azul turquesa e a cor do ano, Ultra Violet

Jeferson Ribeiro

A Festa do Largo, comemoração popular baiana dos anos 80 é a inspiração para o verão de Jeferson Ribeiro. A estamparia foi um dos pontos fortes, trazendo um mix floral e abstrato que buscou reproduzir os painéis do evento. Para a temporada, o estilista se renovou e foi além do P&B sempre presente em suas coleções, apostando em uma paleta com tons de roxo, rosa e amarelo. Nas modelagens, muita desconstrução e amplitudes, resultando em uma alfaiataria fresh e com toque street. Atente para peças como os conjuntos de top cropped e calça de cintura alta e os vestidos com ombros à mostra, em materiais como viscose, lionel, denim e sarjas leves e linho.Nos pés, sandálias rasteiras com amarrações em roxo intenso.

Fotos: Roberta Braga e Cláudio Pedroso.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion
Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.