VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

Cruise collections: Highlights!

Confira os destaques da passarela da Chanel, Dior e Prada

Os desfiles intermediários das grifes, também conhecidos como Cruise Collections, já estão acontecendo ao redor do globo. Com as apresentações trazendo cenários elaborados e propostas extremamente criativas para a passarela, montamos a analise de três marcas extremamente relevantes para o mercado de moda: Chanel, Dior e Prada. Acompanhe os destaques!


Christian Dior

Chanel

Contando com um navio na passarela, e inspirada na casa de verão construída por Coco Chanel na Riviera francesa, a coleção cruise da marca contou com referências náuticas e movimentos artísticos, como a pop art. No geral, as peças valorizaram modelagens confortáveis e cortes retos, ressaltando calças pantalonas, suéteres, casacos alongados e vestidos. Em algumas produções, destaque para uma feminilidade mais tradicional, valorizando a cintura marcada e os comprimentos ora na altura do joelho, ora mídis. Nas superfícies, os clássicos tweeds dividiram espaço com propostas irreverentes, como o denim, os acetinados e os sintéticos. Prints listrados e gráficos geométricos chamaram a atenção entre os detalhamentos, bem como os babados, os acabamentos desfiados e os volumes nas mangas. Como complementos, meia-calça branca, boinas e sapatos mary jane reforçaram o tom retrô da coleção. 

Christian Dior

Tendo como palco os estábulos do Castelo Domaine de Chantilly, Maria Grazia Chiuri trouxe as escaramuzas, mulheres mexicanas que participam de rodeios, como ponto de partida para o que ficou conhecido como Diorodeo. Combinando feminilidade a um visual campestre, a brand trouxe para a passarela looks compostos por vestidos alongados, casacos de abotoamento duplo, ponchos, calças de montaria, camisas e blazeres. Valorizando modelagens clássicas, a ornamentação foi o ponto alto, principalmente através dos bordados elaborados, utilizando fios de ouro, recortes e uso de rendas, promovendo transparências em áreas localizadas. Atente ainda para as estampas, com destaque para o toile de jouy, reforçando as referências campestres da coleção. Cintos espessos, chapéus de montaria e abotinados pesados finalizaram a coleção.

Prada

Como uma viagem no tempo dentro de seus próprios arquivos, Miuccia Prada trouxe referências das décadas de 1970 e 1990 para passarela, sempre com um toque de diversão e irreverência. Dessa forma, um mix de materiais pôde ser observado na passarela, desde as saias de chiffon, até as calças brocadas, passando por casacos acamurçados e polos de algodão. A ampla cartela de cores foi valorizada nas produções, principalmente por meio de recortes e sobreposições de peças, trazendo em destaque terrosos, azul-marinho, laranja, mostarda, vermelho e verde. Estampas e bordados trouxeram elementos abstratos e florais para as superfícies, sempre brincando com composições contrastantes. Nesse mix de informações, ainda houve espaço para as joias, que trabalharam com pingentes de baquelite, mocassins com salto quadrado e chapéus ushanka em versões amplas e com bordados em toda sua extensão.

Imagens: UseFashion e Reprodução.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion
Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.