VOLTAR AO TOPO

Met Gala 2018: A moda encontra o catolicismo

Abertura da exposição contou com diversos nomes da indústria da moda

Publicado em 08/05/2018, por Equipe de Pesquisa UseFashion

Em novembro do ano passado falamos aqui no blog sobre o Baile do Met, evento anual do Metropolitan Museum of Art, de Nova York. Com o tema "Heavenly Bodies: Fashion and the Catholic Imagination" (em tradução livre, Corpos Celestiais: Moda e o Imaginário Católico), o mesmo ocorreu na noite de ontem, 7, contando com um red carpet luxuoso e ostensivo, como você pode conferir a seguir!

Para a exposição desse ano, o tema envolveu as temáticas moda e catolicismo, e em seu acervo, contou com 50 peças emprestadas pelo Vaticano. Foram necessários cerca de dois anos de negociações com a Igreja para que Andrew Bolton, curador do Met, conseguisse acesso as salas e armários exclusivos para selecionar itens para a exposição. Organizado pelo instituto de Figurinos do museu em colaboração com o departamento de Arte Medieval, a exposição explora como o imaginário e o simbolismo da religião impactaram os designers contemporâneos de alta costura e ready to wear. 


Imagens da exposição

Anna Wintour e Rihanna foram alguns dos principais destaques da noite, sendo responsáveis pela apresentação do evento, junto a Amal Clooney, Donatella Versace e Stephen e Christine Schwarzman. Ambas optaram por modelos em tonalidades claras e valorizados pelas superfícies ornamentadas. Confeccionado por John Galliano, o modelo de Rihanna contou com capa e tiara papal, além de ter toda a superfície bordada a mão. 


Anna Wintour | Rihanna

O dourado e o off-white apareceram com frequência no red carpet do evento. As tonalidades pontuaram tanto propostas de vestidos de corte ajustado até os mais amplos, podendo ser observadas também nas composições masculinas. Aqui, o brilho intenso foi destaque, seja nos tecidos rendados, paetizados ou nos bordados, que fizeram referências a elementos tradicionais da Igreja Católica. 


Joan Smalls | Rosie Huntington Whiteley | Kim Kardashian | Chadwick Boseman | Cardi B e Jeremy Scott

Os pratas e azulados, por sua vez, fizeram referência as vestimentas e obras de arte da Idade Média. Combinando materiais e valorizando as aplicações localizadas, atente para vestidos retos, evasês e costumes ajustados.


1 - Zendaya | 2 - Sarah Paulson | 3 - Ariana Grande | 4 - Alessandro Michele, Lana del Rey e Jared Leto

Tons mais escuros, como o preto, o bordô e o vermelho também foram destaque no red carpet. Nessas propostas, principalmente junto ao preto, as modelagens conservadoras foram predominantes, trazendo um toque de sensualidade através de recortes, fendas e transparências. No caso do vermelho, a ostensividade foi muitas vezes ressaltada através da combinação junto ao dourado, nas aplicações e bordados. 


Cara Delevingne | Gigi Hadid | Lily Collins | Rita Ora


Priyanka Chopra | Nicky Minaj | Blake Lively

Por fim, entre os acessórios, as headpieces foram o ponto alto do evento! Tiaras e coroas variadas despontaram em versões rebuscadas, contando com flores, pérolas e estrelas como forma de ornamentação às estruturas metálicas. 


Rita Ora | Anne Hathaway | Blake Lively | Sza


Anya Taylor-Joy | Emilia Clarke | Hailee Steinfeld | Mindy Kaling

Imagens: Divulgação.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos