VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

Perennials: Conheça a geração "ageless"

Para elas, idade é apenas um número

Publicado em 10/08/2017, por Redação

Baby Boomers, Geração X, Geração Y, Millenials... Com o passar do tempo, diferentes gerações se formam, cada uma delas com características e peculiaridades bem definidas. Recentemente, um novo agrupamento, formado por mulheres de 40 a 60 anos, vem chamando a atenção pelo seu comportamento e forte presença, tanto na mídia quanto no mercado consumidor. Conheça à seguir um pouco mais sobre as Perennials!

Perennial é um termo que surgiu em 2016 e ganhou expressividade ao descrever uma parcela da população que se recusa a ser definida pela data de nascimento. Derivado do inglês "perenne" (constante, permanente), foi cunhado por Gina Pell, chefe de conteúdo no The What, e descreve pessoas de todas as idades que gostam de viver no presente, sabem o que acontece no mundo, acompanham os desenvolvimentos tecnológicos e possuem amigos de todas as idades.


Apesar de ser uma discrição abrangente, que engloba diversos públicos e faixas etárias, a nomenclatura Perennial acaba se direcionando principalmente para mulheres de 40 a 60 anos.


Nicole Kidman

Criativas e influentes, essas mulheres vêm buscando quebrar barreiras e redefinir os estereótipos e convenções relacionados ao termo "middle age", no Brasil, meia-idade. Segundo um estudo conduzido pela SuperHuman para o The Telegraph, com 500 participantes, 96% das mulheres com mais de 40 anos não se sentem na meia-idade, enquanto 80% dizem que a visão da meia-idade da sociedade, não representa o modo como elas vivem suas vidas.

As perennials cruzam gerações e, muitas vezes, possuem mais coisas em comum com os filhos de 20 anos, do que com outras mães da mesma faixa etária. É como se assistíssemos a uma diluição das fronteiras entre gerações, em que diferentes características, hábitos e comportamentos se mesclam. Com uma mente aberta e amadurecida, as mulheres identificadas como perennials são cientes da idade que têm, seja através das marcas físicas ou das vivências que tiveram, apenas não acham que essa idade deva definir a maneira como elas irão viver suas vidas.


Arianna Huffington | Christiane Amanpour | J. K. Rowling


1 - Cindy Crawford e filha Kaia Gerber | 2 - Jada Pinkett Smith e filho Jaden Smith | 3 - Victoria Beckham e filho Brooklyn Beckham | 4 - Julianne Moore e filha Liv Freundlich

Em matéria para o El País, Silvia Mezquita, de 42 anos, ainda ressalta que o título "ageless" também representa a forma como se vê: “A idade é um número, o estilo de vida faz a diferença, existem mulheres de 30 totalmente assentadas, casadas, com vidas rotineiras. Eu estou melhor do que estava aos 20. Continuo participando de competições de dança, viajo, faço loucuras, me fantasio, continuo aprendendo idiomas, estou na quarta língua. Adoro viver... Não faço nada para parecer mais jovem, não é isso, é que meu estilo de vida é assim”.



Importância da prática de exercícios | Presença em shows, concertos e eventos

Rebecca Rhodes, que conduziu a pesquisa citada anteriormente, diz que as perennials são um target de mercado que merece atenção. As indústrias de beleza e produtos fitness, por exemplo, que muitas vezes trazem o foco para os millennials, podem ver nas perennials uma oportunidade de negócios. Ela conta que 80% das mulheres pesquisadas usam produtos e serviços que são direcionadas para um público mais jovem. Além disso, elas não se sentem representadas pela mídia, e isso é um problema, especialmente visto que em 2020, é previsto que 1/3 da mão de obra no Reino Unido, por exemplo, seja composta por pessoas com mais de 50 anos.


Segmento fitness | Cabelos brancos em destaque | Valorização da industria de cosméticos

A mídia é um dos locais onde mais vemos essa geração florescer. Diversas celebridades são exemplos de como a idade deixou de ser um empecilho, ou ainda, um fator definitivo para a personalidade das mulheres. Em abril desse ano, por exemplo, Julia Roberts foi nomeada a mulher mais bonita do mundo pela revista People, e ela tem 49 anos. Nicole Kidman, tem 50. Jennifer Lopez, 48. 

Somado a isso, na televisão, principalmente no universo das séries, as perennials são representadas em uma grande variedade de produções. Seja na comédia de Julia Louis-Dreyfus em Veep, no suspense de Naomi Watts em Gipsy ou no drama Big Little Lies, as mulheres apresentadas na ficção são o retrato dessa geração: independentes, antenadas, donas de suas próprias vontades e de seu próprio corpo.


Julia Roberts | Atriz em Premiação


1 - Jennifer Lopez (48) | 2 - Nicole Kidman (50) | 3 - Tilda Swinton (56) | 4 - Demi Moore (54) | 5 - Penélope Cruz (43)


1 - Julia Louis-Dreyfus em Veep | 2 - Sofia Vergara em Modern Family | 3 - Taraji P. Henson em Empire | 4 - Nicole Kidman, Reese Witherspoon e Laura Dern em Big Little Lies | 5 - Naomi Watts em Gipsy

Aqui no Brasil, podemos encontrar as mulheres com características do gênero com frequência no youtube, junto aos seus filhos. Nesses casos, a aproximação entre as gerações fica clara através da cumplicidade e entendimento entre ambos. Além disso, em entrevistas ou vlogs, como personalidades como a Glória Maria, vemos temas normalmente relacionados ao universo jovem, como crushes, fazendo parte também da realidade de mulheres mais maduras. 


Beleza teen - Valquiria Petrin | Luis Mariz - Teresa Mariz

No tendência de comportamento Old/New, vimos como a terceira idade sofreu mudanças ao longo do tempo, e atualmente, é caracterizada de uma forma muito mais descontraída, com um frescor e jovialidade que antigamente não faziam parte desse universo. Da mesma forma, as perennials, não possuem o mesmo visual nem os mesmo hábitos que mulheres de 40-60 anos tinham alguns anos atrás. Estar atento a esse mercado e as suas mudanças, é perceber uma oportunidade de negócio, visto que ele tende a crescer cada vez mais, e é importante estar pronto para atender as demandas que ele exige!

Imagens: Divulgação.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion