VOLTAR AO TOPO

UseFashion Logo UseFashion Logo

Estivemos no 22º Seminário Nacional da Indústria de Calçados: veja o que rolou

Evento abordou a adaptação das marcas à era digital

Publicado em 14/06/2018, por Equipe de Pesquisa UseFashion

A  22ª edição do SNIC - Seminário Nacional da Indústria de Calçados, ocorreu ontem (13), na Unisinos, em São Leopoldo (RS). Promovido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), o evento tem como pilar gerar conexões entre os profissionais calçadistas, além de estimular insights para a renovação do setor aos novos tempos. As palestras abordaram assuntos relativos à adaptação das marcas à era digital, como inovação, tecnologias exponenciais, tendências para o mundo dos negócios, inteligência artificial no varejo, realidade virtual e aumentada e interação virtual por voz. 

Entre os destaques, Felipe Menezes, engenheiro, professor, fundador da WTF! School e entusiasta do futurismo, ressaltou que vivemos a mudança de uma era linear, segmentada e previsível, para a era digital, multidisciplinar, conectada, não-linear e exponencialmente imprevisível. E que nesse momento, mais importante do que a posse é o acesso, tema que a UseFashion já vem explorando há algum tempo. (confira aqui). Já Gustavo Schifino, CEO da empresa Pier X, um espaço on-line integrado ao físico, discorreu sobre as mudanças necessárias para a sobrevivência do varejo. Segundo ele, a marca que não estiver aberta à disrupção, está fadada ao fracasso. 

O executivo líder da área de Soluções de Indústria para os mercados de Varejo e Indústrias de Bens de Consumo da IBM Brasil, Enio Garbin, falou sobre o papel da Inteligência Artificial neste novo momento do varejo. Segundo ele, o novo modelo de negócio é, além de e-commerce, mobile. Além disso, o dinamarquês Peter Kronstrom, do Copenhagen Institute for Futures Studies Latin America, tratou da batalha das marcas para conquistar o consumidor. "As marcas têm, em média, oito segundos para ocupar o espaço na mente do consumidor. Por dia, passamos por quatro a dez mil anúncios publicitários, sendo que a maior parte deles nem entra na nossa mente. Então, o trabalho e desafio das marcas é conseguir preencher esse espaço, e o meu conselho é usar autenticidade para isso".


Felipe Menezes | Enio Garbin

O evento encerrou com talks que trouxeram os cases de sucesso da Dobra - empresa que desenvolve carteiras, camisetas e tênis com um material extremamente fino, chamadoTyvek, - da HP e da Arezzo. Experiência do consumidor, a importância do atendimento humanizado e o desenvolvimento da interação por voz no varejo foram alguns dos temas abordados.

Imagens: Divulgação.

Os comentários são via Facebook e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de responsabilidade dos seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião editorial do Grupo Use.


Carregando...

Top 5 posts mais lidos

@usefashion
Esta obra está licenciada com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.